Angola adquiriu mais combustíveis líquidos no 4.º trimestre de 2023
Angola adquiriu mais combustíveis líquidos no 4.º trimestre de 2023
refinaria de Luanda

A República de Angola adquiriu cerca de um milhão 553.386 toneladas métricas (TM) de combustíveis líquidos no 4.º trimestre de 2023, aumentando 56%, em relação ao trimestre anterior, avaliados em 1,17 mil milhões de dólares, informou hoje, 31 de Janeiro, em Luanda, o director do Instituto Regulador dos Derivados do Petróleo (IRDP), Luís Fernandes.

Falando na cerimónia de balanço das actividades do sector dos derivados do petróleo, realizadas no 4.º semestre de 2023, sublinhou que, das toneladas adquiridas, cerca de 65,5% corresponde ao gasóleo, 22,8% a gasolina, 6,7% ao fuel oil, 4,0% ao jet A1, 0,4% ao petróleo iluminante e o restante 0,6% ao betume asfáltico.

Em relação à origem das referidas aquisições dos combustíveis líquidos, fez saber que 21,0% são provenientes da Refinaria de Luanda, 0,3% da Cabgoc – Topping de Cabinda e 78,7% da importação.

Luís Fernandes adiantou que no período em referência, o país contou com uma capacidade instalada de armazenagem de combustíveis líquidos, em terra, de 675.968 metros cúbicos.

No final do trimestre, indicou, foram registados 1.162 postos de abastecimento, dos quais 912 em estado operacional, repartidos por 330 da Sonangol Distribuição e Comercialização (36,2%); 80 da Pumangol (8,8%)e 62 da Sonangalp (6,8%).

Existem igualmente 51 da TEMA – Total Energies Marketing Angola (5,6%); 2 da Etu Energias (0,2%) e 387 de Bandeira Branca – Agentes Privados (42,4%).

O director fez saber que quanto ao volume de vendas globais dos vários segmentos de negócio, isto é, retalho (B2C), consumo (B2B) e bunkering, no período em referência, foi de aproximadamente 1.262.926 TM, registando um acréscimo de cerca de 7,8%, em relação ao trimestre anterior.

Em termos de quota de mercado, em volume de vendas, adiantou que a Sonangol – Distribuição e Comercialização mantém a liderança com 65%, seguida da Pumangol com 20%, a Sonangalp com 8% e a Total Energies Marketing Angola com 7%.

Combustíveis gasosos e lubrifcantes

O director do Instituto Regulador dos Derivados do Petróleo (IRDP) adiantou que no período em análise, foram introduzidas no mercado interno cerca de 99.192 TM de gás de cozinha – Gás de Petróleo Liquefeito (GPL), das quais, 77,7% provenientes da Fábrica Angola LNG, 12,7% do Sanha, 6,8% da Refinaria de Luanda e 2,9% do Topping de Cabinda.

Em relação ao trimestre anterior, registou-se um decréscimo de aproximadamente 36% na aquisição de GPL para o mercado interno, referiu. Neste segmento, continuou, o país contou com uma capacidade instalada de armazenagem, em terra, de 11.727 TM.

Relativamente às vendas, o registo é de um total de 123.593 TM, o que representou um ligeiro acréscimo de 0,3%, em relação ao trimestre anterior, sendo que, neste segmento, a Sonangol Gás e Energias Renováveis lideraram as vendas do mercado, com uma quota de 75,2%, seguida pela Saigás com 12,4%, a Progás com 6,3%, a Gastém com 4,7% e a Canhongo Gás com 1,4%.

Quanto às províncias que mais consumiram o GPL, destacam-se Luanda (59,3%), Benguela (9,7%), Huíla (6,1%), Huambo (4,6%) e Cabinda (3,3%), representando as cinco, aproximadamente 83% do consumo nacional.

Em relação aos Lubrificantes, adiantou que neste segmento, até o fecho do presente sumário, o registo foi de um volume de cerca 9302 TM comercializados no mercado interno, pelas principais empresas, representando um aumento de aproximadamente 16% em relação ao trimestre anterior.

Frisou que do volume total comercializado acima descrito, 1.310 TM teve como origem a produção nacional, correspondente a 14% e o restante 7 992 TM, proveniente de importação, o que correspondente a 86%.

Segundo o director, a Sonangol-Distribuição e Comercialização liderou as vendas no mercado de lubrificantes, no período em análise, com uma quota na ordem dos 21,72% do total, seguida pela Chinangol com 9,80%, a Jambo com 7,06%, a Sonangalp com 6,94% e a Lubritec com 6,86%, fechando o top 5 do referido mercado.

in Angop

Siga-nos e deixa um:
fb-share-icon0
Tweet 5k
Pin Share20

Compartilhar:

Facebook
WhatsApp
LinkedIn
Twitter
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial
Facebook0
Twitter
Visit Us
Follow Me
LINKEDIN
INSTAGRAM
error: Conteúdo protegido