Benguela: Caça extingue quatro espécies de tartarugas marinhas
Benguela: Caça extingue quatro espécies de tartarugas marinhas
Tartarugas

A especialista Sónia Ferreira, da organização Kambéu, manifestou-se, recentemente, preocupada com acúmulo de lixo que se tem verificado nas praias de Benguela, com destaque para o da praia Morena, onde a sua organização soltou, recentemente, mais de cem tartarugas bebés nascidas lá.

Sónia sustenta que, das cinco espécies que abundavam os mares de Benguela, hoje se conta apenas com uma, a de oliva

uma outra preocupação daquela ambienta- lista tem que ver, fundamentalmente, com o consumo de ovos de tartarugas por parte da população. Ela considera ser necessário que os cidadãos sejam sensibilizados sobre a importância desses animais marinhos para o ecossistema.

“Os obstáculos que elas correm são muito: o lixo, a pesca de arrasto e a própria caça pelo ser humano. Um dos caminhos de sensibilização é falar sobre o lixo”, disse, para quem os resíduos sólidos, tanto em terra quanto em mar, constituem atentado à sobrevivência das tartarugas.

De acordo com especialista, no- ta-se uma acentuada deficiência na recolha de resíduos sólidos nas praias de Benguela, de sorte que tenha chamado atenção a quem de direito para a necessidade de um olhar particular para a questão do saneamento na orla marítima. E, nesta senda, refere que o cidadão também é chamado a as- sumir uma postura de salvaguarda das espécies marinhas.

Siga-nos e deixa um:
fb-share-icon0
Tweet 5k
Pin Share20

Compartilhar:

Facebook
WhatsApp
LinkedIn
Twitter
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial
Facebook0
Twitter
Visit Us
Follow Me
LINKEDIN
INSTAGRAM
error: Conteúdo protegido