China e Angola juntos a construir uma comunidade de futuro – Zhang Bin
China e Angola juntos a construir uma comunidade de futuro - Zhang Bin
Zhang Bin

É uma grande honra para mim exercer a nova função como Embaixador da República Popular da China na República de Angola. Voltei a trabalhar em Angola depois de 11 anos. Desde a minha chegada, observei o desenvolvimento rápido e progressos constantes de Angola, enquanto a amizade tradicional entre a China e Angola permanece sólida e vibrante, continuando a gerar nova vitalidade.

No passado, a China e Angola eram companheiros próximos de luta na busca pela libertação nacional e independência. Hoje em dia, somos parceiros sinceros na construção e desenvolvimento dos nossos países.

Nos últimos anos, sob a liderança estratégica do Presidente Xi Jinping e do Presidente João Manuel Gonçalves Lourenço, as relações sino-angolanas continuaram a se desenvolver positivamente, com contínuo aprofundamento da confiança política, resultados frutíferos na cooperação econômica e comercial, intensificação dos intercâmbios interculturais.

A cooperação pragmática China-Angola tem desenvolvido para uma qualidade mais elevada e extensão mais vasta, acrescentando novos destaques nos domínios do investimento, da saúde, da energia e no domínio digital, etc..

Até à data, o número de empresas chinesas em Angola ultrapassou 400, com investimento acima de 24 mil milhões de USD. Projetos exemplares de cooperação, como o Aeroporto Internacional Dr. António Agostinho Neto, o Aproveitamento Hidroeléctrico de Caculo Cabaça e o novo Porto do Caio, criarão uma vida melhor para mais angolanos.

Actualmente, tanto a China quanto Angola estão em uma fase de aceleração na recuperação econômica. Angola está a implementar o Plano de Desenvolvimento Nacional 2023-2027, enquanto a China avança firmemente na sua nova jornada da construção de forma integral de uma nação forte e a revitalização nacional por meio da modernização chinesa.

Em 2023, o PIB total da China ultrapassou 126 trilhões de RMB, moeda chinesa, com um crescimento de 5,2%. O aumento do PIB foi superior a 6 trilhões de RMB, e a contribuição da economia chinesa para o crescimento econômico global atingiu 32%, tornando a China como o principal motor do crescimento econômico mundial.

Mais de 3.000 projetos de cooperação foram formados entre a China e os países participantes na construção conjunta da Iniciativa Cinturão e Rota, atraindo investimentos de cerca de 1 trilhão de dólares.

O desenvolvimento da China é um aumento na força da paz, um fortalecimento dos elementos de estabilidade e uma expansão das oportunidades de cooperação. O avanço de 1,4 bilhão de chineses em conjunto na modernização será um grande progresso para a civilização humana e proporcionará enormes oportunidades para o desenvolvimento do mundo.

Persistindo na imparcialidade e justiça, a China sempre está ao lado certo da história, firme na sua posição como construtora da paz mundial, contribuinte para o desenvolvimento global, fornecedora de bens públicos.

A proposta do Presidente Xi Jinping de construção de uma comunidade de futuro compartilhado para a humanidade, caraterizado por um mundo multipolar igual e ordenado e uma globalização econômica inclusiva que beneficie todos, é a solução chinesa para os problemas, desafios e contradições do mundo atual.

Tendo a implementação da Iniciativa de Desenvolvimento Global, da Iniciativa de Segurança Global e da Iniciativa de Civilização Global como direcção principal, a plataforma da construção conjunta de alta qualidade da Iniciativa Cinturão e Rota como plataforma, a China adere ao princípio de consulta, construção e compartilhamento conjuntos, e está disposta a promover a modernização pacífica e próspera do mundojunto com outros países, trazendo uma melhor expectativa e boas oportunidades para a cooperação China-Angola.

S.E. Presidente João Lourenço vai iniciar já a sua visita de Estado à China, abrindo novo Capítulo histórico das relações China-Angola.

Para o futuro, a China vai planear as relações bilaterais a partir de uma perspectiva estratégica e de longo prazo, promovendo uma maior profundidade na confiança política China-Angola, defendendo conjuntamente a soberania, segurança e interesses de desenvolvimento dos dois países, e salvaguardando a paz e segurança regionais.

Criando assim mais frutos pragmáticos da cooperação econômica e comercial, construindo mais projetos exemplares com altos padrões, sustentabilidade e melhoria do bem-estar do povo, incentivando mais empresas com capacidade e credibilidade a investirem e empreenderem em Angola, construindo os laços de amizade mais próximos entre os povos de dois Países, fortalecendo os intercâmbios e a aprendizagem mútua entre as civilizações China-Angola, para que a amizade sino-angolana se enraíze nos corações das pessoas.

Como novo Embaixador Extraordinário e Plenipotenciário da República Popular da China na República de Angola, vou seguir a orientação dos consensos importantes dos dois Chefes de Estado, junto com os amigos angolanos, envidandos os esforços contínuos para promover a cooperação amistosa bilateral e para a construção de comunidades de futuro compartilhado China-Angola e China-África mais proximas.

*Embaixador da República Popular da China na República de Angola

Siga-nos e deixa um:
fb-share-icon0
Tweet 5k
Pin Share20

Compartilhar:

Facebook
WhatsApp
LinkedIn
Twitter
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial
Facebook0
Twitter
Visit Us
Follow Me
LINKEDIN
INSTAGRAM
error: Conteúdo protegido