Cuanza Norte: Enfermeiro espancado até a morte por atropelar cidadão
Cuanza Norte: Enfermeiro espancado até a morte por atropelar cidadão
Gunza

Um enfermeiro do Hospital Municipal de Camabatela, município de Ambaca (Cuanza Norte), que respondia pelo nome de Gunza Henriques, foi espancado até a morte, no último domingo, após ter atropelado um cidadão na aldeia de Kissunga II, arredores da vila de Camabatela.

O facto ocorreu por volta das 18h00 de domingo, 29, quando a vítima, a bordo da sua viatura, atropelou um cidadão que reside na aldeia de Kissunga II.

Segundo o porta-voz do Comando Municipal da Polícia Nacional no Ambaca, subinspector Bernardo Luimbi, o malogrado, de 35 anos, na tentativa de dirigir-se às autoridades policiais para fazer a participação do caso, foi perseguido por seis cidadãos que seguiam em motorizadas.

Quando o alcançaram, espancaram-no até a morte. Os cidadãos bateram também o seu acompanhante, que se encontra em estado de coma na Unidade de Cuidados Intensivos (UTI) do Hospital Provincial de Camabatela.

O cidadão atropelado teve alguns ferimentos ligeiros, foi assistido pelos serviços de saúde locais e já recebeu alta. Enquanto que os agressores já estão detidos e serão apresentados ao Ministério Público, para responsabilização criminal.

Num comunicado, a direcção do Hospital Provincial de Camabatela descreve Gunza Henriques, com a categoria de Técnico Médio de Enfermagem, como um profissional abnegado, comprometido e com elevado sentido de missão.

Siga-nos e deixa um:
fb-share-icon0
Tweet 5k
Pin Share20

Compartilhar:

Facebook
WhatsApp
LinkedIn
Twitter
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial
Facebook0
Twitter
Visit Us
Follow Me
LINKEDIN
INSTAGRAM
error: Conteúdo protegido