Directora da ESP-Bengo acusada de desviar 15 milhões de kwanzas
Directora da ESP-Bengo acusada de desviar 15 milhões de kwanzas
Teresa Costa

A directora da Escola Superior Pedagógica (ESP) da província do Bengo, identificada por Teresa Manuela José da Costa, está a ser acusada de ter desviado cerca de 15 milhões de kwanzas, valor que teria como destino a compra de material didático para aquela instituição.

Segundo o portal Na Mira do Crime, não é a primeira vez que acusada desvia verba da ESP-Bengo, esse procedimento é reincidente tendo sido descoberta apenas agora, ao que se sabe.

Os 15 milhões de kwanzas seriam alocados para a compra de livros, computadores e parte serviria para acudir as situações precárias em que se encontra aquela instituição do ensino superior.

A este jornal, o secretário do Movimento dos Estudantes de Angola (MEA) no Bengo, João Daniel, disse que recebeu a informação com desagrado, alegando que uma gestora deve pautar-se por atitudes comprometedoras e não as de prejudicar uma nação estudantil.

Por outro lado, aquele responsável do MEA na província do “Jacaré Bangão”, foi mais longe, aventando convocar uma vigília ou manifestação se, no período de uma semana, os órgãos judiciais não tomarem uma posição dura contra aquela directora.

De realçar que, tão logo os responsáveis do ensino superior na província do Bengo, e outros órgãos afins, destacando a IGAE, tomaram conhecimento do assunto, foram à instituição a fim de serem esclarecidos. Enquanto isso, a referida directora está impedida de exercer as suas funções até que tudo seja esclarecido.

in NMC

Siga-nos e deixa um:
fb-share-icon0
Tweet 5k
Pin Share20

Compartilhar:

Facebook
WhatsApp
LinkedIn
Twitter
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial
Facebook0
Twitter
Visit Us
Follow Me
LINKEDIN
INSTAGRAM
error: Conteúdo protegido