Embaixador de Angola no Egipto suspeito de abuso de poder e má gestão
Embaixador de Angola no Egipto suspeito de abuso de poder e má gestão
nelson cosme

O embaixador de Angola na República Árabe do Egipto, Nelson Manuel Cosme, encontra-se no centro de uma controvérsia envolvendo alegações de abuso de poder e má gestão.

Fontes internas do Imparcial Press revelam que Cosme está sob suspeita de apropriação indevida dos subsídios destinados aos funcionários da representação diplomática.

O diplomata, que anteriormente ocupou o mesmo cargo de embaixador de Angola no Brasil, já enfrentava acusações semelhantes durante o seu mandato anterior. Alegações de mau gerenciamento e conflitos com os funcionários marcam a sua trajectória, conforme relatado por fontes próximas.

Apesar das denúncias, as autoridades competentes, incluindo a Inspeção-Geral da Administração do Estado (IGAE), o Ministério das Relações Exteriores (MIREX) e até mesmo a Presidência da República, estão cientes das alegações contra o embaixador. No entanto, até ao momento, não foram tomadas medidas concretas para investigar ou remediar a situação.

Uma investigação interna revelou ainda que os diplomatas e as suas famílias na Embaixada de Angola no Egipto não possuem seguro de saúde, e os funcionários contratados não têm acesso às suas folhas de pagamento.

Além disso, verificou-se que os valores recebidos pelos funcionários não correspondem aos valores registados nas folhas de pagamento. Por exemplo, enquanto o câmbio oficial é actualmente de 47,95 libras egípcias por 1 dólar, os funcionários recebem apenas 18,00, enquanto as folhas de pagamento registam 38,00.

Essas discrepâncias têm gerado crescente insatisfação entre os funcionários da Embaixada de Angola no Cairo, que estão considerando desencadear uma greve como forma de protesto contra os alegados abusos de poder e má gestão atribuídos ao embaixador Nelson Cosme.

Siga-nos

Compartilhar:

Facebook
WhatsApp
LinkedIn
Twitter
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial
Twitter
Visit Us
Follow Me
LINKEDIN
INSTAGRAM
error: Conteúdo protegido