Espanhol Carlos Viver assume selecção nacional de andebol
Espanhol Carlos Viver assume selecção nacional de andebol
Carlos Viver

O espanhol Carlos Viver foi apresentado hoje (quinta-feira, 18), em Luanda, como novo seleccionador nacional sénior feminino de andebol, em substituição do angolano Vivaldo Eduardo.

Em conferência de imprensa, na sede da Federação Angolana de Andebol (FAAND), o técnico considera ser desafio orientar a equipa de Angola, mais titulada do continente africano.

O sucessor de Vivaldo Eduardo, assume pela primeira vez um compromisso em África, depois de longos anos a orientar equipas do seu país e da Roménia, bem como a de director técnico da Federação espanhola.

Na ocasião, Carlos Viver frisou que Angola possui um potencial humano muito forte, que lhe permite sonhar em almejar outras conquistas fora de África.

Com um contrato válido por dois anos, com a possibilidade de se estender por mais um, o treinador terá como adjunto, o angolano Nelson Catito.

De 50 anos de idade, o espanhol trabalha como assessor da Federação Angolana de Andebol, tendo sido integrante da equipa técnica que disputou o último Campeonato Africano nos Camarões, em 2022, no Campeonato do Mundo de 2023.

Entre as principais conquistas, destaque para o de vice-campeão do mundo, com a selecção sénior feminino de Espanha, em 2019, em Kumamoto, no Japão. Ainda, em 2019, foi nomeado para treinador do ano da Federação Internacional de Andebol (IHF).

O espanhol Carlos Viver é o quinto estrangeiro a orientar a selecção de Angola, depois de Pavel Dzeinev (búlgaro), Paulo Pereira (português), João Florêncio (português) e Morten Soubak (dinamarquês).

Siga-nos e deixa um:
fb-share-icon0
Tweet 5k
Pin Share20

Compartilhar:

Facebook
WhatsApp
LinkedIn
Twitter
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial
Facebook0
Twitter
Visit Us
Follow Me
LINKEDIN
INSTAGRAM
error: Conteúdo protegido