FAF obriga Kabuscorp e 1.º de Agosto a pagarem dívidas milionárias aos atletas
FAF obriga Kabuscorp e 1.º de Agosto a pagarem dívidas milionárias aos atletas
FAF

O Conselho de Disciplina da Federação Angolana de Futebol (CDFAF) notificou as direções do Kabuscorp do Palanca e do 1.º de Agosto para liquidarem as dívidas milionárias para com os seus ex-atletas, num prazo de 60 dias.

O clube de Bento dos Santos “Kangamba” foi condenado a pagar uma indemnização de 15,5 milhões de kwanzas ao ex-atleta Bráulio Adélio de Olím Diniz “Nary”, que vestiu a camisola do clube nas épocas futebolísticas de 2016, 2017 e 2018.

Já o Clube Desportivo 1.º de Agosto foi sancionado a pagar sete milhões e 200 mil kwanzas, referentes ao salário em atraso do médio Fernando Mateus Duarte, de Abril a Dezembro de 2022.

Segundo o comunicado n.º 21/SG/24 do órgão reitor da modalidade, a formação da rua F do Palanca tem 60 dias para resolver o pendente financeiro com o jogador, a contar do dia 23 do mês em curso.

Na referida nota, a FAF justifica a decisão de sancionar o Kabuscorp, três anos depois, devido ao incumprimento da deliberação, não obstante as reclamações do jogador junto do Conselho de Disciplina.

“Não obstante ter sido advertido sucessivas vezes por este Conselho, da possibilidade de ser punido nos termos legais por incumprimento de deliberação, não se dignou o clube reclamado, como notificado, a fazer prova do cumprimento escrupuloso da deliberação deste Conselho”, argumentou a FAF.

Além dos 15 milhões e 500 mil kwanzas, a Federação condenou ainda o Kabuscorp do Palanca a pagar uma multa de 2000 UCF, num prazo não superior a 20 dias, nos termos do disposto no artigo n.º 23 do Regulamento de Disciplina do órgão reitor do futebol.

Siga-nos

Compartilhar:

Facebook
WhatsApp
LinkedIn
Twitter
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial
Twitter
Visit Us
Follow Me
LINKEDIN
INSTAGRAM
error: Conteúdo protegido