Funeral do comissário-chefe Toy Makuesso assombrado com acto de desprezo
Funeral do comissário-chefe Toy Makuesso assombrado com acto de desprezo
toy

As exéquias do primeiro comandante da Polícia de Segurança de Objectivos Estratégicos (PSOE), comissário-chefe reformado António Henriques Miguel da Silva “Toy Makuesso”, que faleceu na última terça-feira, aos 68 anos, no Hospital Militar Principal e Instituto Superior, em Luanda, foram marcadas com episódios menos abonatórios que colocam em causa a imagem da Polícia Nacional.

A cerimónia, como constatou o Imparcial Press na Casa de Velórios da Polícia Nacional, ficou marcada com ausência de altos dirigentes do Ministério do Interior e do número um da Polícia Nacional, ou seja, do comandante-geral da Polícia Nacional, comissário-geral Arnaldo Manuel Carlos, que se fez representar pelo segundo comandante-geral, comissário-chefe António Pedro Kandela.

Uma fonte fidedigna deste jornal, justificou que a ausência do titular da pasta do Interior, Eugénio César Laborinho, deveu-se ao facto de o mesmo ter sido notificado, na véspera, a participar numa actividade presidencial no município de Viana, onde o Presidente da República, João Lourenço, inaugurou o Hospital Geral de Viana – Bispo Emílio de Carvalho.

Já no caso do comandante-geral da Polícia Nacional, comissário-geral Arnaldo Manuel Carlos, a nossa fonte não soube dizer o por quê. “Sinceramente, não sei o que dizer. Porque no programa das exéquias constava que o mesmo devia fazer uma leitura de homenagem, mas ficamos surpreendidos com a sua ausência”, lamentou a fonte do Imparcial Press.

Segundo as informações, mesmo tendo o conhecimento do programa das exéquias de “Toy Makuesso”, o comandante-geral da Polícia Nacional optou por se deslocar nas primeiras horas de hoje, sexta-feira, 12, à província de Benguela, para cumprir uma agenda de trabalho de três dias.

As fontes do Imparcial Press interpretam atitude do comissário-geral Arnaldo Carlos como um desprezo à pessoa que foi o comissário-chefe reformado António Henriques Miguel da Silva “Toy Makuesso”, que dedicou a sua vida aos órgãos de segurança do país.

“É mesmo desprezo. Não existe outro termo. Em regra, mesmo tendo a viagem agendada, o comandante-geral devia primeiro marcar a presença no local para saudar a família do malogrado Toy Makuesso, e posteriormente seguia a sua viagem para Benguela”, comentou um dos presentes a este jornal.

Os restos mortais do comissário-chefe reformado, António Henriques Miguel da Silva “Toy Makuesso” foram hoje sepultados no cemitério da Santa Ana, em Luanda.

O seu funeral ficou igualmente marcado com a presença do director geral do Serviço de Informação e Segurança do Estado (SINSE), general Fernando Garcia Miala, do director geral do Serviço de Investigação Criminal (SIC), comissário-chefe António Paulo Bendje, da antiga comandante provincial de Luanda, comissário-chefe Elisabeth Rank Frank “Bety”, do empresário Henrique Miguel “Riquinho”, entre outras entidades.

De realçar que, durante a sua vida activa na corporação, de 1992 a 2016, o comissário-chefe reformado “Toy Makuesso” desempenhou várias funções de relevo, com destaque para as de delegado do Ministério do Interior e comandante provincial da Lunda-Sul, chefe do Posto do Comando Geral da Polícia Nacional de Angola, primeiro comandante da Polícia de Segurança de Objectivos Estratégicos (PSOE), anteriormente denominado por Unidade de Protecção de Objectivos Estratégicos (UPOE), e a de conselheiro do comandante-geral da Polícia Nacional.

A 4 de Abril do ano transacto, o comissário-chefe reformado Toy Makuesse foi a terceira figura (de uma lista de 32 pessoas) a ser condecorada com o grau de “Ordem do Mérito Militar – 1.º Grau” pelo Presidente da República, João Lourenço, por ter deixado a sua impressão digital na luta pela Independência Nacional, Paz, Democracia e Reconciliação Nacional.

O comissário-chefe reformado António Henriques Miguel da Silva “Toy Makuesso” nasceu em Luanda, a 02 de Novembro de 1955, no distrito urbano do Sambizanga.

Siga-nos

Compartilhar:

Facebook
WhatsApp
LinkedIn
Twitter
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial
Twitter
Visit Us
Follow Me
LINKEDIN
INSTAGRAM
error: Conteúdo protegido