General “Begin”, o homem que Jonas Savimbi mais confiou em vida
General "Begin", o homem que Jonas Savimbi mais confiou em vida
general begin

Tinha a fama de ser o homem que resolvia todas as questões profissionais e familiares de Jonas Malheiro Savimbi, com quem começou a trabalhar inicialmente como guarda após desertar do exército português em Abril de 1974.

Ao aderir à UNITA, foi enviado para uma formação em Marrocos. Porém, um instrutor do curso lhe deu um apelido por achá-lo com traços semelhantes ao então antigo Primeiro Ministro de Israel, Menachem Begin. Desde então, passou a ser conhecido pela alcunha de “Begin” nas hostes da guerrilha do “Galo Negro”.

Nascido em 25 de Outubro de 1952, no centro Evangélico do Njele, município do Cuito, província do Bié, Fernando Sambimbi, filho de Dinis Mandavela e Deolinda Eyala, teve uma infância marcada pela educação primária no Centro Evangélico do Ndele, seguida pelo ensino secundário na cidade do Cuito.

Aos 22 anos, a sua trajectória tomou um novo rumo depois de deixar o Huambo, onde fazia parte do RI-21 do exército português. Jonas Malheiro Savimbi ficou impressionado com a sua postura militar e o convidou pessoalmente para se juntar a ele, sendo despachado para Massivi, Benguela, onde recebeu os seus primeiros treinamentos. Participou de diversas formações políticas e militares, incluindo o treinamento em Marrocos em 1978.

Promovido a general após anos de trabalho incansável, Sambimbi destacou-se em diversas funções dentro da UNITA, desde o apoio militar até a coordenação de projectos estratégicos, como a construção do aeroporto Comandante Kazombuela, na Jamba.

Com os Acordos de Bicesse em 1991, mudou-se para Luanda com o objectivo de contribuir para a construção de um Estado democrático e de direito. No entanto, com o início do conflito pós-eleitoral, retornou à Jamba, onde foi nomeado Governador Geral.

A sua habilidade de caça e boa pontaria eram bem conhecidas, sendo que Savimbi costumava dizer que aprendeu a caçar com ele. No entanto, em 10 de Dezembro de 1998, Sambimbi faleceu de diabetes na base do Tchanjo, Bié, encerrando uma carreira marcada por dedicação, lealdade e compromisso com a causa da UNITA e de Angola.

As suas ossadas, inicialmente enterradas ao longo da estrada Chidumba/Kuéma, no Cuemba, foram localizadas pela CIVICOP e repousam definitivamente na localidade de Ndejel, Cuito, sua cidade natal.

Fernando Sambimbi “Begin” deixou viúva, 15 filhos, 29 netos e um bisneto.

in Club-K

Siga-nos e deixa um:
fb-share-icon0
Tweet 5k
Pin Share20

Compartilhar:

Facebook
WhatsApp
LinkedIn
Twitter
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial
Facebook0
Twitter
Visit Us
Follow Me
LINKEDIN
INSTAGRAM
error: Conteúdo protegido