Idosos morrem de intoxicação por consumo de substância tradicional
Idosos morrem de intoxicação por consumo de substância tradicional
cachiongu

Dois cidadãos com idades, entre 115 e 68 anos, morreram esta sexta-feira vítimas de intoxicação, após ingerirem uma substância tradicional, no município do Cachiungo, província do Huambo.

Ao confirmar o facto, o porta-voz da Delegação local do Interior, Martinho Kavita Satito, disse que o caso aconteceu na aldeia de Lonundo, à entrada da vila municipal do Cachiungo, quando um cidadão de 30 anos de idade, por perder três filhos, decidiu buscar explicação a um suposto kimbandeiro.

Acrescentou que o kimbandeiro, por sua vez, entendeu, com auxílio dos sobas, administrar uma substância tradicional a 59 indivíduos, entre 16 e 115 anos, alegadamente para determinar àqueles que consideram ser culpados da morte prematura das três crianças.

Como consequência, explicou, dois idosos perderam a vida, sendo um de 68 anos e uma outra de 115 anos de idade, enquanto os demais 57, oito dos quais em estado grave, foram transportados para o Hospital municipal do Cachiungo, onde recebem assistência médica/medicamentosa.

Informou que dos 57 cidadãos levados de emergência ao hospital, 49 já receberam alta médica, ao passo que os oito em estado grave, ainda, continuam em tratamento na maior unidade sanitária da municipalidade.

O superintendente-chefe da Polícia Nacional Martinho Kavita Satito disse que o Serviço de Investigação Criminal (SIC) removeu os dois cadáveres e trabalha no sentido de poder aferir as causas da morte dos dois idosos.

Informou que o SIC e a Polícia Nacional detiveram, também, dois supostos envolvidos no caso de administração de substância tradicional, enquanto decorrem diligências para determinar e deter um outro indiciado, igualmente, nesta prática.

O responsável, que endereçou, em nome da Delegação do Interior, sentimentos de pesar às famílias enlutadas, apelou à população a estar calma e a prestar atenção no sentido de não se deixar induzir por determinados artifícios que podem, na verdade, terminar em fatalidade, quando mal elaborados.

Trata-se do primeiro caso do género ocorrido, este ano, na província do Huambo, com uma população estimada em dois milhões 700 mil habitantes, distribuídos em 11 municípios.

in Angop

Siga-nos e deixa um:
fb-share-icon0
Tweet 5k
Pin Share20

Compartilhar:

Facebook
WhatsApp
LinkedIn
Twitter
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial
Facebook0
Twitter
Visit Us
Follow Me
LINKEDIN
INSTAGRAM
error: Conteúdo protegido