Inspecção da Saúde encerra clínica chinesa em Luanda
Inspecção da Saúde encerra clínica chinesa em Luanda
Cidade da china

A Inspecção Geral da Saúde encerrou ontem, quinta-feira, 01 de Fevereiro, uma clínica que trabalhava de forma ilegal na cidade da China, em Luanda.

Segundo o inspector-geral da Saúde, José Solino Joel, que avançou a informação, a clínica foi encerrada por falta de técnicos especializados e declarações para o exercício da actividade.

Conforme José Solino Joel, os pacientes que estavam em tratamento ambulatório foram encaminhados para as suas residências.

Um outro paciente que se encontrava em critério de internamento, foi transferido para o Hospital do Prenda, para prosseguimento da assistência médica e medicamentosa.

De acordo com o inspector, as práticas reiteradas na cidade da China consistem no uso de medicamentos falsos ou contrafeitos, por estes se apresentarem em mandarim, uma vez que o ordenamento angolano não permite a circulação de rótulos que não estejam escritos em português.

Na ocasião, salientou que existe indícios de que o médico chinês tenha falsificado a carteira, pelo que haverá uma averiguação junto da ordem dos médicos para confirmar a sua creditação.

O responsável assegurou que as actividades inspectivas vão continuar no país, para garantirem o cumprimento das normas, no exercício das acções do sector da Saúde.

Siga-nos e deixa um:
fb-share-icon0
Tweet 5k
Pin Share20

Compartilhar:

Facebook
WhatsApp
LinkedIn
Twitter
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial
Facebook0
Twitter
Visit Us
Follow Me
LINKEDIN
INSTAGRAM
error: Conteúdo protegido