Luzolo de Carvalho desmarca-se do director mau-criado
Luzolo de Carvalho desmarca-se do director mau-criado
BPC gunther

Após publicação da denúncia neste portal sobre os maus-tratos protagonizados pelo director de Capital Humano do Banco de Poupança e Crédito (BPC), Gunther Costa, aos seus colegas, fontes que acompanham o assunto confidenciaram ao Imparcial Press que o presidente do Conselho Executivo, Luzolo de Carvalho, culpabiliza o presidente do Conselho de Administração, Cláudio Pinheiro, por ter sido ele o protagonista da indicação desse “malandro” ao cargo que ostenta.

Conforme as informações em backstage, já vários directores fizeram reparo sobre a forma como Gunther Costa destrata e maltrata quem quer que seja, com a arrogância de ser sempre apoiado pelo Conselho de Administração.

O BPC conta actualmente com dois administradores independentes, provenientes do Banco Nacional de Angola. Enquanto órgão regulador, as vítimas alertam os administradores independentes a não confiarem na postura de Cláudio Pinheiro e Luzolo de Carvalho na tomada de decisão sobre a continuação ou não do responsável mau-criado.

De salientar que, nos últimos tempos, os funcionários do BPC têm sido alvo de maus-tratos protagonizados pelo responsável da direcção de Capital Humano, Gunther Costa.
Arrogantemente, Gunther Costa vive destratando os seus colegas, ao ponto de ser considerado como “anormal”.

Conforme a fonte do Imparcial Press, a direcção jurídica do banco BPC tem registado, nos últimos tempos, inúmeras reclamações sobre o comportamento desviante de Gunther Costa.

“São várias as queixas sobre uma só pessoa, não é normal”, lamenta a nossa fonte que teme pelo seu pão de cada dia, realçando que “ele usa palavras obscenas impróprias para um director de Capital Humano, que deve ser o guardião do equilíbrio comportamental dentro da instituição”.

Gunther Costa é um protegido de Norberto Garcia, director do Gabinete de Estudos e Análises Estratégicas (GEAE), um órgão de assistência ao Presidente da República que actua na esfera da Casa Militar.

Ambos trabalharam juntos na Unidade Técnica para o Investimento Privado (UTIP). Na altura, de acordo com as informações em posse do Imparcial Press, Costa era responsável do Departamento de Administração e Finança, onde fez e desfez.

Siga-nos e deixa um:
fb-share-icon0
Tweet 5k
Pin Share20

Compartilhar:

Facebook
WhatsApp
LinkedIn
Twitter
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial
Facebook0
Twitter
Visit Us
Follow Me
LINKEDIN
INSTAGRAM
error: Conteúdo protegido