Ministério da Saúde mente e diz não registar casos de cólera no país
Ministério da Saúde mente e diz não registar casos de cólera no país
Silvia Lutu

O Ministério da Saúde negou descaradamente a existência de um surto de cólera no país que já causou milhares de vítimas em todo país, desde o mês de Janeiro do ano em curso.

O Imparcial Press divulgou em primeira mão, na segunda-feira última, uma reportagem sobre surto de cólera que já matou centenas de pessoas, sobretudo crianças na capital do país, por falta de reagentes nos hospitais.

No informe distribuído ontem, terça-feira, à imprensa, a que este jornal teve acesso, o ministério reitera que, até ao momento, Angola não registou nenhum caso de cólera e que o plano de contingência com as medidas de preparação e prevenção preconizadas pela Organização Mundial da Saúde está em execução desde Fevereiro último.

No cumprimento desse plano, refere a nota, foram treinadas e postas em prontidão de nível dois equipas de resposta rápida e pré-posicionadas nos municípios fronteiriços a norte e leste das províncias das Lundas Norte e Sul, Uíge, Moxico, Cuando Cubango e também em Luanda, com materiais e equipamentos hospitalares necessários para uma reacção imediata em caso de aparecimento de casos positivos.

Acrescenta que foram posicionadas também a nível do país equipas de vigilância epidemiológica para a deteção e diagnóstico imediato de casos suspeitos e lançada uma campanha de educação e prevenção da doença nos órgãos de comunicação social.

“Graças a estas e outras medidas preventivas em curso, até agora não foi detectado qualquer caso positivo de cólera em toda a extensão do território nacional” realça a comunicação.

Para o ministério, as informações contrárias postas a circular “por entidades de má fé visam semear a insegurança no seio dos cidadãos”.

O Ministério da Saúde apela, por isso, à calma e serenidade e ao cumprimento escrupuloso das medidas de prevenção individual e colectiva, com especial destaque para a higiene pessoal e do meio.

Desde Janeiro de 2023, um surto de cólera aflige vários países da SADC, com incidência na Zâmbia e República Democrática do Congo, que fazem fronteira com Angola.

Siga-nos e deixa um:
fb-share-icon0
Tweet 5k
Pin Share20

Compartilhar:

Facebook
WhatsApp
LinkedIn
Twitter
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial
Facebook0
Twitter
Visit Us
Follow Me
LINKEDIN
INSTAGRAM
error: Conteúdo protegido