Morreu a kudurista “Vaca Louca”
Morreu a kudurista "Vaca Louca"
vaca louca

A kudurista Vaca Louca, pseudónimo de Rosa José dos Santos, morreu, vítima de insuficiência cardíaca, aos 42 anos, na terça-feira, 30 de Janeiro, no Complexo Hospitalar de Doenças Cardio-Pulmonares Cardeal Dom Alexandre do Nascimento, em Luanda.

Cantora que se tornou conhecida na década de 2000, depois de ter adoptado o pseudónimo da sua colega, a primeira bailarina de kuduro, a também Vaca Louca, não resistiu a um enfarte-agudo do miocárdio.

Segundo informações próximas de familiares, a cantora sofria de insuficiência cardíaca há mais de um ano, facto que condicionou a actividade artística neste período, levando-a a cancelar diversas actividades, depois de ter regressado recentemente, a Angola, vinda de Portugal.

A morte da cantora abalou a família, porque segundo pessoas próximas, o quadro era estável, uma vez que estava a ser orientada por médicos e fazia a medicação em casa.

Sabe-se que no passado dia 26 de Janeiro, a artista teve uma crise, tendo sido levada ao Complexo Hospitalar de Doenças Cardio-Pulmonares Cardeal Dom Alexandre do Nascimento, mas regressou a casa 48 horas depois de ter recebido alta.

Mas, na última terça-feira, dia 30 de Janeiro, foi levada de emergência à mesma unidade hospitalar na sequência do agravamento do estado de saúde, onde acabou por falecer antes da intervenção médica.

Reagindo às notícias que circulam nas redes sociais, que dão conta que dela se tratasse, a bailarina Vaca Louca, pseudónimo de Keta Manuel, esclareceu à opinião pública que goza de boa saúde.

Keta Manuel é uma das figuras femininas mais emblemáticas do kuduro, por ser considerada a primeira bailarina, aquando do surgimento do género de música e de dança, nos anos 90, tendo sido integrante do grupo de bailarinos que acompanhou Tony Amado, juntamente a Salsicha, a afirmou que: “Eu, a verdadeira Vaca Louca, mutchactha de Tony Amado e primeira bailarina de kuduro em Angola estou bem, e de saúde”.

Natural de Malanje, Rosa José dos Santos tornou-se conhecida no cenário musical no início da década de 2000, depois de ter formado dupla com Salsicha, ex-bailarino de Tony Amado. Curiosamente, a cantora adoptou o nome artístico de uma outra kudurista, a primeira bailarina daquele género de música e dança.

Em 2003, com Salsicha, gravou o álbum “Aprende a dançar kuduro”, no qual constam os temas “Vou me matar”, “Arreou Arreou” e ”Dança do Ventre”, tendo anos depois emigrado para Portugal, onde residiu por mais de cinco anos.

in JA

Siga-nos e deixa um:
fb-share-icon0
Tweet 5k
Pin Share20

Compartilhar:

Facebook
WhatsApp
LinkedIn
Twitter
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial
Facebook0
Twitter
Visit Us
Follow Me
LINKEDIN
INSTAGRAM
error: Conteúdo protegido