Reverendo Neves de Sousa nomeia “bandido e burlador” para o cargo de direcção
Reverendo Neves de Sousa nomeia "bandido e burlador" para o cargo de direcção
neves sousa

O presbitério provincial de Luanda da Assembleia de Deus Pentecostal e pastor-presidente do Ministério Génese (Cazenga), reverendo Neves de Sousa, nomeou, em Janeiro último, o evangelista Francisco Paulino Coelho – um burlador, adultério e intriguista – para o cargo de secretário provincial da Juventude da ADP a nível de Luanda.

O Imparcial Press apurou que a nomeação do “Pai da Motivação”, como também é conhecido, tem estado a criar mal estar no seio da juventude pentecostal de Luanda, e consideram que o mesmo não tem perfil para assumir tal cargo. E apontam como sendo burlador, intriguista e confucionista.

Os membros da Juventude da ADP, a nível de Luanda, temem manifestar publicamente a sua indignação por obediência às normas daquela instituição religiosa, mas pretendem boicotar algumas actividades sob a liderança de Francisco Coelho.

Numa novela que apenas está começando e com muitos capítulos pela frente, dão conta que o recém nomeado tem um perfil bastante duvidoso e nem sequer possui uma formação teológica.

Segundo informações recolhidas em alguns centros da ADP por onde passou, o ‘Pai da Motivação’, só criou problemas e instabilidade no seio das direcções e divisões nos departamentos da juventude.

De acordo com as fontes do Imparcial Press, Francisco Coelho, que é também um efectivo da Polícia Nacional, recebia valores monetários e documentos pessoais com promessas fictícias de emprego que nunca se concretizaram.

“Ele recebia dos seus irmãos em Cristo entre 200 a 300 mil kwanzas com promessas de ingressarem à Polícia Nacional”, revelou uma das fontes, acrescentando que “ele na igreja apresenta-se como uma pessoa importante e influente. Até os pastores caem na sua jogada. E quando é descoberto, muda para outra igreja da ADP com táticas diferentes, apresentando-se como um bom menino”.

Fontes do Imparcial Press contam que, nas últimas consagrações decorridas em Junho do ano passado, no Kilamba Kiaxi, Francisco Coelho foi consagrado a evangelista, sem passar por uma formação teológica. “Mas como consagram alguém, sem formação teológica”, questiona a fonte.

O reverendo Neves de Sousa, além de dirigir os destinos do Ministério Génese (antigo Cazenga dado por pai), também responsável da região Oeste da ADP, tem sido bastante criticado por nomear pessoas sem perfil, e ainda por cima adúltero, à frente da juventude.

“Nenhuma igreja fala bem de Francisco Coelho. Onde ele passa só deixa rastos de destruição e muita burla. Esteve no Cafarnaum foi corrido e igualmente esteve com o pastor Tito, também foi corrido”, explicou a nossa fonte.

Antes de ser nomeado como secretário provincial da Juventude em Luanda, Francisco Coelho de tanta bajulação ao reverendo Neves de Sousa, esteve a dirigir o Departamento de Comunicação e Imagem a nível da província de Luanda.

Siga-nos

Compartilhar:

Facebook
WhatsApp
LinkedIn
Twitter
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial
Twitter
Visit Us
Follow Me
LINKEDIN
INSTAGRAM
error: Conteúdo protegido