SIC confirma a detenção de Man Genas
SIC confirma a detenção de Man Genas
mangenas1

O Serviço de Investigação Criminal (SIC) confirmou, está semana, a detenção do ex-integrante do grupo HDA, Gelson Quintas “Man Genas”, tão logo que pisou no solo pátrio, que agora vai responder pelos crimes de calúnia e difamação, ultraje ao Estado, Símbolos e Órgãos de soberania.

Man Genas, que vivia em Moçambique há um ano, onde se refugiou por alegada perseguição, foi detido na sequência da sua expulsão administrativa pelas autoridades moçambicanas, por entrada e permanência ilegal naquele país.

O cidadão chegou ao país no domingo, por via aérea, em companhia da esposa e dois filhos, que estão sob custódia das autoridades angolanas.

Circulam informações de que “Man Genas” foi transportado de Maputo para Luanda numa aeronave de marca Dash-8, à disposição da presidência angolana, numa operação que, segundo especialistas, terá custado mais de 50 mil dólares para a sua transportação, incluindo custo de aterragem/saída (USD 9 mil), combustível (USD 15 mil), tripulação, plano de voo e outras despesas.

Na mesma aeronave foi igualmente deportado um cidadão angolano, Higino Duarte Regal, também identificado como Carlos Eduardo Monteiro, que estava foragido no exterior depois do incumprimento de uma condenação em Angola por tráfico de drogas.

De acordo com uma fonte do SIC, Man Genas está ainda indiciado dos crimes de roubo qualificado e abuso de confiança, devendo ser ouvido nos próximos dias pelo Ministério Público e por um juiz de garantias.

Segundo a fonte do SIC, a esposa de Man Genas deve ser entregue à família nas próximas horas.

Gelson Quintas era muito interventivo nas redes sociais, onde expunha, de forma aberta, algumas entidades, a quem acusava de envolvimento no crime organizado, nomeadamente no tráfico de drogas.

Siga-nos e deixa um:
fb-share-icon0
Tweet 5k
Pin Share20

Compartilhar:

Facebook
WhatsApp
LinkedIn
Twitter
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial
Facebook0
Twitter
Visit Us
Follow Me
LINKEDIN
INSTAGRAM
error: Conteúdo protegido