SIC recolhe mais um “violador assassino” na via
SIC recolhe mais um "violador assassino" na via
violador

O Serviço de Investigação Criminal de Luanda apresentou na quarta-feira, 24 de Janeiro, no pátio do Comando Municipal do Cazenga da Polícia Nacional, um cidadão, de 20 anos, que participou no assassinato, após a violação sexual, de uma mulher que respondia pelo nome de Anastácia. O facto ocorreu no domingo, 21 do mês corrente, em Luanda.

O marginal, em companhia do seu comparsa que se encontra em parte incerta, que agora vai responder pelos crimes de Associação Criminosa, Agressão Sexual e Homicídio Qualificado em razão dos meios “asfixia”.

“Os operacionais da Direcção Municipal do Cazenga tomaram conhecimento do caso no pretérito dia 22 de Janeiro, quando, por força do serviço de piquete, procedeu a remoção de um cadáver do sexo feminino, rua da Ambaca, no bairro da Petrangol, distrito urbano do Hoji-Ya-Henda, no interior de uma residência que, depois de identificado, viu-se tratar da cidadã apenas identificada por Anastácia, que aparentava entre 25 e 30 anos, cujas evidências periciais levaram a um homicídio por asfixia, depois de notáveis abusos sexuais”, explicou o porta-voz do SIC/Luanda, superintendente-chefe, Fernando de Carvalho.

De acordo com o superintendente-chefe Fernando de Carvalho, que os factos ocorreram no dia acima referido, por volta das 12H00, na via pública, onde a vítima circulava em companhia da filha menor de sete anos, e, surpreendida pelo implicado e um comparsa, cidadão de 32 anos de idade (em fuga) interpelaram-na.

“Ela foi arrastada até ao interior de uma residência e abusaram-na sexualmente e, não satisfeitos, asfixiaram-na até a morte, pondo-se, a posterior, em fuga”, contou.

Diante dos factos, o SIC se desdobrou em diligências que culminaram com a detenção do referido “violador assassino” que já foi presente ao Ministério Público e ao juiz de garantia para as medidas que se impõe. E como o crime nunca compensa lhe foi aplicada a medida mais gravosa, prisão preventiva. Enquanto, continua com as investigações para localizar e deter o prófugo.

Siga-nos e deixa um:
fb-share-icon0
Tweet 5k
Pin Share20

Compartilhar:

Facebook
WhatsApp
LinkedIn
Twitter
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial
Facebook0
Twitter
Visit Us
Follow Me
LINKEDIN
INSTAGRAM
error: Conteúdo protegido