Sobrelotação e falta de alimentação nas celas do comando municipal do Cazenga provocam a morte a dois detidos e desmaios de 31
Sobrelotação e falta de alimentação nas celas do comando municipal do Cazenga provocam a morte a dois detidos e desmaios de 31
Presos-900x576

A sobrelotação e a falta de alimentação e de água nas celas do Comando Municipal da Polícia Nacional no Cazenga provocaram esta quarta-feira, 03, a morte, por desnutrição e desidratação, a dois detidos, de 18 anos, que em vida respondiam pelos nomes de João Baptista e Jeovany Torres.

As mortes ocorreram por volta das 6:00 desta terça-feira, 2, nas celas do comando municipal do Cazenga, também conhecido como comando do “IFA”, quando sete detidos desfaleceram, o que provocou uma rebelião dos mais de 90 detidos que se encontravam há mais de um mês nas celas 1 e 2 daquele comando de Polícia.

Além das vítimas mortais, houve desmaio de 31 outros detidos que, posteriormente, foram socorridos para os hospitais dos Cajueiros e da “Somague”, onde receberam tratamento.

Conforme as fontes, a sobrelotação das celas deveu-se à fraca recepção dos processos remetidos ao juiz de garantia, bem como à não emissão de mandados de condução à cadeia ou de soltura.

O porta-voz da Polícia Nacional em Luanda explicou que os desmaios no interior das duas celas começaram por volta das seis horas da manhã, alegadamente por causa da superlotação.

Nestor Goubel disse ainda que a falta de ventilação, aliado ao estado de desnutrição por parte dos detidos esteve na origem dos desmaios.

Diante da realidade, adiantou, uma equipa da Polícia Nacional e do Serviço de Investigação Criminal socorrem os sinistrados para os hospitais dos Cajueiros e Somague, onde receberam assistência médica especializada, porém, os dois jovens acabaram por morrer.

O oficial superior disse que 28 detidos receberam alta hospitalar e já retornaram novamente nas celas. Um dos detidos, identificado por Mateus Ribeiro, de 47 anos, continua internado no hospital dos Cajueiros, devido ao estado clínico.

O super-intendente chefe lamentou a situação e assegurou que a corporação está a tomar medidas necessárias, de modo a prevenir situações do género.

Siga-nos e deixa um:
fb-share-icon0
Tweet 5k
Pin Share20

Compartilhar:

Facebook
WhatsApp
LinkedIn
Twitter
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial
Facebook0
Twitter
Visit Us
Follow Me
LINKEDIN
INSTAGRAM
error: Conteúdo protegido