Trabalhadores do BFA queixam-se da “malandrice” do director de Tecnologia da Informação
Trabalhadores do BFA queixam-se da "malandrice" do director de Tecnologia da Informação
SLopes

Os trabalhadores colocados na Direção de Sistemas de Informação (DSI) do Banco de Fomento Angola (BFA) manifestaram sua insatisfação por meio de uma carta direccionada à administração do banco, revelando alegadas práticas prejudiciais adoptadas pelo actual director de Tecnologia da Informação, Sérgio Manuel Lopes.

Na carta, os trabalhadores acusam Lopes de adotar um modo de gestão que busca degradar a qualidade de serviço e operação das equipes, visando justificar a substituição de recursos e seus responsáveis diretos.

O texto destaca momentos de incerteza naquela direcção, gerados por ameaças constantes de substituição de equipes, tudo em prol de um plano ganancioso e ambicioso que, segundo os denunciantes, tem desmotivado as equipes.

Os directores Sérgio Manuel Lopes e Joaquim Moreira são citados como responsáveis pela degradação da imagem da instituição, mencionando contratos de sobre-faturação relacionados a activos de rede para o “Refresh tecnológico (PARATUS – DATA CENTER)” e activos que impactam na operação das agências e edifícios centrais.

Os denunciantes também alegam que o director de TI desconsidera pareceres técnicos com impacto na continuidade do negócio e operação, afastando membros da equipa que ousam confrontar suas ideias. Acusações de fragilização das equipas, contratações suspeitas, e criação de uma cultura de “X9” (dedo-duro) permeiam a carta.

A carta ainda aborda a suposta falta de transparência em processos de licitação e contratação de serviços, mencionando a repetição de empresas nos processos e a partilha de informações privilegiadas.

Os mesmos afirmam estar fartos de serem maltratados, mencionam a perda de colaboradores e desmotivação generalizada. Pedem ação imediata por parte da administração do banco para reverter o quadro descrito.

Em conclusão, a carta adverte que, se a situação não for invertida, os funcionários tomarão medidas mais drásticas, destacando a importância de reconhecimento e respeito no ambiente de trabalho.

in Club-K

Siga-nos e deixa um:
fb-share-icon0
Tweet 5k
Pin Share20

Compartilhar:

Facebook
WhatsApp
LinkedIn
Twitter
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial
Facebook0
Twitter
Visit Us
Follow Me
LINKEDIN
INSTAGRAM
error: Conteúdo protegido