Tribunal do Lubango inicia julgamento da ex-administradora da Humpata
Tribunal do Lubango inicia julgamento da ex-administradora da Humpata
Paula Nassone

O Tribunal de Comarca do Lubango iniciou o julgamento da antiga administradora municipal da Humpata, Paula de Jesus Fernando Nassone, acusada de quatro crimes, de entre eles o de peculato.

A ré esteve à frente dos destinos do município no consulado do então governador Marcelino Tyipinge e é acusada dos crimes de tráfico de influência, peculato, recebimento indevido de valores e violação das normas de execução do plano e orçamento, praticados de 2014 a 2018, conforme a acusação do Ministério Público.

Ao mesmo processo foram arrolados, como declarantes, a sua secretária e o antigo director do Gabinete de Estudos Planeamento e Estatística da Administração, respectivamente Maura Marques e Edvaldo Pires, assim como dois empresários.

Ainda neste processo, cujo julgamento teve início na terça-feira, estão envolvidos, como réus, antigos quadros de seu pelouro, nomeadamente Edvaldo Salvador, Avelino Tchimbinja Guilherme e Jai Frederico, acusados de serem os autores dos crimes de recebimento indevido de vantagens, tráfico de influência, abuso de confiança e peculato.

O primeiro dia de audiência foi marcado com discussão das questões prévias, apresentadas pelo Ministério Público, representado por Dorivaldo Domingos, e a defesa, em função de alguns crimes já terem sido amnistiados. O julgamento é presidido pelo juiz de direito Anacleto Kavonguelwa Kambuta.

O advogado de defesa da ex-administradora, Artur Chimuco, disse acreditar num bom desfecho para a sua constituinte.

Dados da investigação indicam as acções dos réus lesaram o Estado angolano em seis milhões oitocentos e trinta e cinco mil cento e onze kwanzas e sessenta e quatro cêntimos para a conta da secretária daquela instituição pública em nome de Maura Isabel Fonseca Marques, cujo destino nunca foi justificado pela gestora.

O montante foi faseadamente transferido, através de uma ordem de saque da conta da administração municipal da Humpata, entre os meses de Janeiro e Maio de 2018 para as dos dois empresários que prestavam serviços de limpeza ao município.

Siga-nos e deixa um:
fb-share-icon0
Tweet 5k
Pin Share20

Compartilhar:

Facebook
WhatsApp
LinkedIn
Twitter
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial
Facebook0
Twitter
Visit Us
Follow Me
LINKEDIN
INSTAGRAM
error: Conteúdo protegido