Delegação do MININT no Bengo desmarca-se da morte do recluso e diz ser da responsabilidade da cadeia da Damba
Delegação do MININT no Bengo desmarca-se da morte do recluso e diz ser da responsabilidade da cadeia da Damba
Bengo

A Delegação Provincial do Ministério do Interior no Bengo tomou conhecimento, com bastante preocupação, de uma publicação divulgada nas redes sociais, através do Portal “Imparcial Press” de autoria desconhecida cujo teor versa sobre “Tráfico de drogas (alimentado pelos efectivos prisionais) na cadeia de Caboxa termina em morte de recluso por espancamento“.

Diante deste facto, dada a gravidade do assunto e a forma irresponsável e simplista como o Portal se referiu, sem nenhum apuramento dos factos, tão pouco valorizou o contraditório, o básico que se exige a um jornalismo sério e isento, a Delegação do MININT no Bengo vem, por este meio, esclarecer a opinião pública, que tal informação é maliciosa e infundada nos seguintes termos:

1.° – O recluso Manuel Pereira Augusto TCP Zagala, foi transferido do Estabelecimento Penitenciário do Caboxa da Delegação do MININT/Bengo para o Estabelecimento Penitenciário da Damba em Malanje, no dia 26 de Maio de 2023, mediante autorização das autoridades competentes e gozava de uma saúde e, teve um tratamento humanizado com registos administrativos que facilmente podem ser consultados por aqueles que estão embutidos do espírito nobre de informar a sociedade e aqueles que se despem do sensacionalismo, visando manchar as pessoas e as instituições do Estado.

2.° – O recluso em causa veio a falecer no dia 23 de Junho do ano em curso, no Hospital Regional de Malanje, vítima de doença (Sezonismo) de acordo com o relatório médico em posse das autoridades e, lamentavelmente, ignorado na matéria divulgada cujo autor esconde-se na capa do Portal, sendo que, os restos mortais do malogrado, foram entregues a família, no dia 27 de junho para a realização de uma funeral condigno.

3.° – Outrossim, os efectivos da Direcção Provincial do Serviço Penitenciário, destacados no Estabelecimento Penitenciário do Caboxa não facilitam a introdução no interior penal de material proibido, como tendenciosamente relatou o Portal.

4.° – Assim, a Delegação Provincial do Ministério do Interior no Bengo, desmente e repudia, veementemente, tais informações e coloca-se a disposição dos interessados para mais informações que se achem importantes para o conhecimento público.

Finalmente, importa sublinhar que este Gabinete tudo fez, para contactar por via dos três terminais telefónicos e da página do Facebook do gestor do Portal “Imparcial Press”, para obter o direito de resposta nos termos da Lei de Imprensa, mas sem sucesso, situação que lamentamos.

GABINETE DE COMUNICAÇÃO INSTITUCIONAL E IMPRENSA DA DELEGAÇÃO DO MININT BENGO EM CAXITO AOS 19 DE AGOSTO DE 2023.

O DIRECTOR
GASPAR LUIS INÁCIO
SUPERINTENDENTE

Siga-nos e deixa um:
fb-share-icon0
Tweet 5k
Pin Share20

Compartilhar:

Facebook
WhatsApp
LinkedIn
Twitter
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial
Facebook0
Twitter
Visit Us
Follow Me
LINKEDIN
INSTAGRAM
error: Conteúdo protegido