Eleições na APF/Moxico marcadas por “clima de suspeição” – AMPLUD.Mx afastada
Eleições na APF/Moxico marcadas por "clima de suspeição" - AMPLUD.Mx afastada
APFMox

O decurso do processo eleitoral na Associação Provincial de Futebol do Moxico (APMx), no quadro da renovação de mandatos, está a ser marcado por um clima de suspeição levantado pelos agentes desportivos da região. O acto eleitoral está previsto para o dia 29 do corrente.

Entre vários assuntos, está em causa o direito de voto reclamado pela Associação Municipal Pluri-Desportiva do Moxico (AMPLUD.Mx), criada em 2021, que tem desenvolvido actividades desportivas no município sede da província (Moxico).

Num informe distribuído ontem, segunda-feira, 17, à imprensa, a Comissão Eleitoral deste processo, liderada pelo advogado David Jamba, informa que apenas quatro clubes reúnem requisitos para o exercício do direito de voto, nomeadamente, Bravos do Maquis, FC Jovens de Hoje, 22 de Novembro e Escolinha Sport Club do Moxico.

Entre os requisitos, a Comissão Eleitoral explica que estão habilitados para este direito os clubes que realizaram a renovação de mandatos dos órgãos sociais e participado, nos últimos dois anos, nas competições provinciais sob égide da APL local, citando uma circular da Direcção Nacional da Juventude e Desportos.

Em reacção ao comunicado da Comissão Eleitoral, o presidente da AMPLUD.Mx, Álvaro Candelei, classifica a posição da aludida comissão como “discriminatória”, uma vez que se trata de uma associação constituída à luz da Lei das Associações Desportivas (Lei n.º 06/14 de 23 de Maio).

Conforme o responsável, a AMPLUD.Mx tem vindo a realizar campeonatos municipais, em três edições, “onde inclusive a Associação Provincial de Futebol já participou em vários eventos desportivos”.

De acordo com Álvaro Candelei, a Comissão Eleitoral não apresenta quaisquer fundamentos plausíveis, que legitimam o afastamento da AMPLUD.Mx da população votação.

Gabinete da Juventude e Desporto recomenda inserção da AMPLUD.Mx

Por sua vez, o Gabinete da Cultura, Turismo e Juventude e Desporto apelou, por via de uma nota, à Comissão Eleitoral, para ter em conta a AMPLUD.Mx como eleitor, por esta reunir requisitos necessários para o exercício do direito do voto.

Conforme este gabinete, que tutela actividades desportivas na província, os requisitos citados pela Comissão Eleitoral constante na circular na emitida pela Direcção Nacional da Juventude e Desportos é adaptável à realidade de cada região.

Dois candidatos concorrem para a presidência da APF, nomeadamente, o comentador desportivo Jacinto Calia Alia, pela lista A, e o presidente cessante Lilito de Freitas, da lista B, que concorre para um terceiro mandato consecutivo.

in Angop

Siga-nos
Twitter
Visit Us
Follow Me
LINKEDIN
INSTAGRAM

Compartilhar:

Facebook
WhatsApp
LinkedIn
Twitter
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial
error: Conteúdo protegido