Teresa Almeida “Bá” declina convite da selecção de andebol
Teresa Almeida "Bá" declina convite da selecção de andebol
ba

A guarda-redes do Petro de Luanda e da selecção sénior feminina de andebol, Teresa Almeida “Bá”, terá declinado, recentemente, a convocação de Carlos Viver para juntar-se a selecção nacional sénior feminina de andebol, que vai disputar, de 13 a 22 de Março, os Jogos Africanos em Accra, na República do Gana.

O motivo da recusa do convite, segundo a fonte do Imparcial Press, pode estar relacionado com o actual estado civil de “Bá”, que contraiu em Janeiro último, em Luanda, o matrimónio com um funcionário público, Félix Alexandre Bartolomeu “Messias”, e estará ainda em gozo de “lua de mel”.

A cerimónia civil, tal como noticiou o Imparcial Press, foi realizada na Galeria dos Desportos, na Cidadela Desportiva, e o copo d’água aconteceu no centro de eventos Pingo D’Ouro.

Além dos familiares e amigos dos noivos, estiveram presentes colegas de clube de “Bá” e diversas personalidades, incluindo a ministra da Juventude e Desportos, Palmira Barbosa, que também foi atleta de andebol, e a sua antecessora no ministério, Ana Paula do Sacramento Neto, igualmente uma antiga praticante da modalidade, que agora dirige o Ministério da Acção Social, Família e Promoção da Mulher.

Também prestigiaram este importante momento da vida da Bá os presidentes da Federação Angolana de Andebol, José do Amaral Júnior “Maninho”, e do Petro de Luanda, Tomás Faria.

Além da notável ausência de Teresa Almeida “Bá”, a selecção nacional sénior feminina de andebol não contará igualmente com a participação da central Natália Bernardo, do1.º de Agosto.

As duas jogadoras, com presenças regulares nas selecções nacionais, evoluíram no último Campeonato do Mundo, disputado entre 29 de Novembro e 17 de Dezembro de 2023, na Dinamarca, Noruega e Suécia.

Das dezanove jogadoras chamadas na quarta-feira, 14, pelo seleccionador Carlos Viver, todas a evoluírem em Angola, doze são do 1.º de Agosto e sete do Petro de Luanda.

A preparação inicia na próxima segunda-feira e termina a 8 de Março, véspera da viagem para o palco da competição.

Angola vai em busca da revalidação do título obtido em 2019, em Rabat (Marrocos) ao vencer na final a similar dos Camarões, por 28 -25.

Eis a lista das convocadas: Marta Alberto, Eliane Paulo, Paulina da Silva (guarda-redes), Nairia Caquintas, M’Bongo Masseu (ponta esquerda), Dolores do Rosário, Luzia Kiala (ponta direita), Liliane Mario, Thayane Castro, Estefânia Venâncio (pivô), Bernadeth Belo e Marilia Quizelete (lateral esquerda), Chelcia Gabriel, Regina Lino e Dalva Peres (central), Vilma Nenganga e Juliana Machado (meia distância direita), Vivalda da Silva e Isabel Guialo (meia distância esquerda).

Tema relacionado: Andebolista “Bá” dá nó

Siga-nos e deixa um:
fb-share-icon0
Tweet 5k
Pin Share20

Compartilhar:

Facebook
WhatsApp
LinkedIn
Twitter
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial
Facebook0
Twitter
Visit Us
Follow Me
LINKEDIN
INSTAGRAM
error: Conteúdo protegido