Escassez de matéria-prima ameaça sustentabilidade da fábrica Kissumo
Escassez de matéria-prima ameaça sustentabilidade da fábrica Kissumo
kissumo

A escassez de matérias-primas essenciais, como ananás, laranja e manga, está a comprometer significativamente a produção da Fábrica Kissumo, propriedade da Fazenda 27, situada no município da Cela (Waco Kungo), província do Cuanza-Sul.

Com uma produção diária atual de apenas 20 mil litros de sumo, a fábrica opera a 25% da sua capacidade instalada, levantando sérias preocupações sobre a sua viabilidade financeira a longo prazo.

De acordo com a gerente da unidade fabril, Ana Medeiros, a fábrica depende de fornecedores locais para a aquisição de frutas.

Actualmente, os agricultores entregam em média 250 toneladas de frutas e 500 toneladas de tomate por mês. No entanto, para operar a plena capacidade, a fábrica necessitaria de mil toneladas de frutas e duas mil toneladas de tomate diariamente.

Além da produção de sumos, a fábrica Kissumo dedica-se à transformação de polpa de tomate, com uma produção diária de 12 mil litros.

A unidade, localizada na Fazenda 27 desde 2015, abrange uma área de três hectares e emprega 25 operários. A sua produção é distribuída nas províncias do Cuanza-Sul, Luanda e Benguela.

A Fábrica Kissumo faz parte de uma empresa maior do sector alimentar e de bebidas, que inclui marcas como Kanuco (leite achocolatado), Kissumo e Kifresco (sumos), e Konduto (derivados de tomate).

Em 2016, a Fazenda 27 investiu 35 milhões de dólares para expandir sua produção, incluindo uma capacidade de 80 toneladas diárias de caldo de tomate e sumos não gaseificados.

Contudo, a continuidade das operações da fábrica está ameaçada pela falta de matérias-primas, o que pode levar à falência se a situação não for resolvida.

A fábrica Kissumo está a tomar medidas para mitigar essa escassez e garantir a sustentabilidade da produção, mas enfrenta desafios significativos no contexto económico actual.

Siga-nos
Twitter
Visit Us
Follow Me
LINKEDIN
INSTAGRAM

Compartilhar:

Facebook
WhatsApp
LinkedIn
Twitter
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial
error: Conteúdo protegido